Brasil

Um dos líderes mundiais no fornecimento de peças eletrônicas e mecatrônicas para o mercado automotivo.

 

Instrumentos e Sensores

Reúnem todos os indicadores (temperatura, pressão de óleo, conta-giros, ...) em um só instrumento.

Reúnem todos os indicadores (temperatura, pressão de óleo, conta-giros, ...) em um só instrumento.

Reúnem todos os indicadores (temperatura, pressão de óleo, conta-giros, ...) em um só instrumento.
Indica o número de rotações do motor, tendo como unidade RPM.
Indica o número de horas trabalhadas pelo motor ou equipamento, acumulando este tempo de trabalho.
Indica a quantidade de combustível no tanque do veículo.
Indica a pressão do óleo do motor no painel do veículo.
Indica a temperatura da água ou do óleo do motor.
Quando o bourdon é submetido àpressão, ele tende a se expandir, aumentando o seu raio de curvatura.
Mede o nível de combustível do tanque do veículo e transmite a informação ao instrumento do painel.
Mede a pressão do óleo do motor do veículo, informando ao instrumento do painel a pressão do sistema.
Indica a velocidade do veículo por meio de um ponteiro e as distâncias parcial e total.
Indica a rotação e o número de horas trabalhadas pela máquina.

Clusters

Reúnem todos os indicadores (temperatura, pressão de óleo, conta-giros, velocímetro,combustível) em um só instrumento.

Geralmente todos os ponteiros dos indicadores são acionados por motores de passo.





    

Contagiros

Indica o número de rotações do motor, tendo como unidade RPM (rotações por minuto).

Tem a função de orientar o motorista no controle das rotações do motor para troca de marchas, rotações máximas e mínimas de trabalho. Cada fabricante de motor estipula o número máximo e mínimo de rotações do motor de acordo com o projeto e aplicação.

Há dois tipos de conta-giros:

Conta-giros mecânico:
O sistema é constituído de um rotor imantado que tem sua rotação acionada pela rotação de um cabo. O campo magnético gerado por esta rotação é que controla a deflexão do ponteiro; uma mola chamada “cabelo” é que estabiliza o movimento desse ponteiro, fazendo sempre uma força contrária à do campo magnético.

Conta-giros eletrônico:
A frequência é enviada através de um cabo elétrico ao conta-giros. As variações desse sinal provocam uma variação do campo magnético do galvanômetro ou da bobina, que por sua vez controla a deflexão do ponteiro. No caso dos mais modernos, o sinal controla o movimento de um motor de passo que está ligado ao ponteiro.

 

Horímetros

Indica o número de horas trabalhadas pelo motor ou equipamento, acumulando este tempo de trabalho.

Este instrumento indica o número de horas trabalhadas pelo motor ou equipamento, acumulando este tempo de trabalho. Tem como função principal indicar o momento da realização das manutenções preventivas. Este equipamento é um relógio elétrico de horas, que marca os minutos por meio de um ponteiro (analógico) e as horas acumuladas em um contador mecânico.




    

 

Indicadores de Combustível

Indica a quantidade de combustível no tanque do veículo.

Indicador de combustível mecânico:
Indica a quantidade de combustível no tanque do veículo. Este indicador de combustível é totalmente mecânico e está ligado ao medidor de combustível por meio de um cabo. As variações do flutuador são transmitidas pela haste ao cabo. Dessa forma, as variações da quantidade de combustível no tanque são enviadas ao indicador de combustível no painel esticando o cabo de aço que liga a boia ao indicador.

Indicador de combustível elétrico:
Tem a mesma função do indicador de combustível mecânico, mas é acionado por um sinal elétrico que é variado pelo medidor de combustível. O medidor varia uma resistência em função do nível do combustível no tanque.

    

 

Indicadores de Pressão

Indica a pressão do óleo do motor no painel do veículo.

A pressão do óleo do motor faz variar uma resistência no sensor de pressão, que é transmitida ao indicador.







        

 

Instrumento Combinado

Reúne a função de diversos instrumentos em um só.

 

Indicadores de Temperatura

Indica a temperatura da água ou do óleo do motor. 

Indica a temperatura da água ou do óleo do motor do veículo no painel de instrumentos. O instrumento recebe o sinal de um sensor que varia a resistência em função da temperatura do motor.





        

Manômetro

Quando o bourdon é submetido àpressão, ele tende a se expandir, aumentando o seu raio de curvatura.

Este instrumento indica a pressão de circuitos pneumáticos e hidráulicos. O sistema é totalmente mecânico e composto por uma câmara oca e achatada (bourdon) de formato semicircular, podendo ser de latão ou de aço inox. Uma das extremidades da câmara é conectada ao sistema que se deseja medir a pressão e a outra extremidade é fechada. Quando o bourdon é submetido à pressão, ele se expande, aumentando o seu raio de curvatura. Essa deformação do bourdon é transmitida ao ponteiro por um sistema mecânico. Dessa forma, a pressão é indicada com alta precisão.

        

Medidores de Combustível

Indica a velocidade do veículo por meio de um ponteiro e as distâncias parcial e total.

Indica a velocidade do veículo por meio de um ponteiro e as distâncias parcial e total por hodômetros mecânicos ou digitais. A velocidade pode ser captada por meio de um sinal mecânico (cabo) ou sinal elétrico (sensor). Há dois tipos de velocímetro:

Velocímetro mecânico:
O sistema é constituído de um rotor imantado que tem sua rotação acionada pela rotação de um cabo. O campo magnético gerado por essa rotação é que controla a deflexão do ponteiro; uma mola chamada “cabelo” é que estabiliza o movimento desse ponteiro, sempre fazendo uma força contrária à do campo magnético. O hodômetro se movimenta graças a um conjunto de engrenagens acionado pelo cabo.

Velocímetro eletrônico:
O sensor envia um sinal (frequência) através de um cabo elétrico ao velocímetro. As variações desse sinal provocam uma variação do campo magnético do galvanômetro ou da bobina, que por sua vez controlam a deflexão do ponteiro. O hodômetro pode ser apresentado na forma digital ou mecânica. No caso dos mais modernos o sinal controla o movimento de um motor de passo que está ligado ao ponteiro. O hodômetro, nestes casos, é digital.


    

Sensores de Pressão a Óleo

Mede a pressão do óleo do motor do veículo, informando ao instrumento do painel a pressão do sistema.

Alguns modelos possuem alarme que, em caso de avarias no sistema, alerta o condutor com um sinal sonoro ou luminoso.

É um sensor de funcionamento semelhante ao de um medidor de combustível (resistência variável), com a diferença que o contato deslizante é acionado por um pino comandado por um diafragma de metal. A deformação do diafragma, por sua vez, é proporcional à pressão do sistema a que é submetido.

    

Sistema Combinado

 

Reúne a função de diversos instrumentos em um só.

 


    

Tratômetros

Indica a rotação e o número de horas trabalhadas pela máquina.

É um instrumento mecânico constituído de um rotor imantado que tem sua rotação acionada pela rotação do cabo. O campo magnético gerado por esta rotação é que controla a deflexão do ponteiro; uma mola chamada “cabelo” é que estabiliza o movimento deste ponteiro, sempre fazendo uma força contrária à do campo magnético.

O instrumento está aferido para marcar horas trabalhadas a uma determinada rotação, variando de acordo com a necessidade de cada projeto.

    

 

Velocímetros

Indica a velocidade do veículo por meio de um ponteiro e as distâncias parcial e total.

Indica a velocidade do veículo por meio de um ponteiro e as distâncias parcial e total por hodômetros mecânicos ou digitais. A velocidade pode ser captada por meio de um sinal mecânico (cabo) ou sinal elétrico (sensor). Há dois tipos de velocímetro:

Velocímetro mecânico:
O sistema é constituído de um rotor imantado que tem sua rotação acionada pela rotação de um cabo. O campo magnético gerado por essa rotação é que controla a deflexão do ponteiro; uma mola chamada “cabelo” é que estabiliza o movimento desse ponteiro, sempre fazendo uma força contrária à do campo magnético. O hodômetro se movimenta graças a um conjunto de engrenagens acionado pelo cabo.

Velocímetro eletrônico:
O sensor envia um sinal (frequência) através de um cabo elétrico ao velocímetro. As variações desse sinal provocam uma variação do campo magnético do galvanômetro ou da bobina, que por sua vez controlam a deflexão do ponteiro. O hodômetro pode ser apresentado na forma digital ou mecânica. No caso dos mais modernos o sinal controla o movimento de um motor de passo que está ligado ao ponteiro. O hodômetro, nestes casos, é digital.


    

E-Commerce 2.0

Clique no link abaixo para acessar o nosso E-commerce.

mais

© Continental Brasil Indústria Automotiva Ltda. 2016

VDO - A Trademark of the Continental Corporation